25.2.13

A tirania do futuro


A obsessão com o futuro converte o presente em terra devastada.
Sem presente, sobram afectos tristes e desvanece-se a potência de cada um, aquilo que cada um pode ser.
E sem presente o horizonte estreita-se de tal modo que o futuro, em nome do qual havíamos sacrificado o presente, se esfuma.


Sem comentários:

Enviar um comentário